Se a ansiedade faz com que você se sinta fisicamente doente ou o mantém acordado por inúmeras horas, pode ser bastante desconfortável – e seus efeitos costumam ser de grande alcance. Isso pode custar quase todas as áreas da sua vida.

Desenvolver uma melhor compreensão do que é a ansiedade – e como gerenciá-la – pode ser a chave para uma vida melhor. Mas a ansiedade é uma das emoções mais incompreendidas de todos os tempos. Aqui estão sete coisas que os especialistas em saúde mental desejam que todos soubessem sobre a ansiedade.

A chave para gerenciar a ansiedade é entendê-la.

1. Ansiedade é para mantê-lo seguro. Será que o seu alarme de ansiedade está com defeito?

A ansiedade é uma emoção normal e saudável, destinada a alertá-lo sobre o perigo. Se você não sentisse ansiedade, não sairia de um prédio em chamas e não olharia para os dois lados antes de atravessar a rua.

Mas a campainha de alarme de ansiedade de ninguém é 100% infalível. Haverá momentos em que sua mente e seu corpo responderão como se você estivesse em uma situação de vida ou morte – mesmo que você não esteja em perigo real.

Dar uma palestra em público ou pedir a alguém em um encontro pode acionar um alarme de ansiedade, mesmo que nenhuma situação o mate. Aprender a separar alarmes reais de alarmes falsos é essencial para gerenciar sua ansiedade.

O simples reconhecimento de que seu cérebro e seu corpo estão exagerando em um evento aparentemente inofensivo pode capacitá-lo a tomar ações positivas. Reconheça que você não está em perigo real e você acenderá a campainha do alarme o suficiente para avançar de maneira produtiva.

2. A ansiedade afeta você emocionalmente, cognitivamente e fisicamente.

A maioria das pessoas fala sobre a ansiedade como uma emoção. Mas a ansiedade também afeta seu cérebro e seu corpo.

Quando você se sente ansioso, é mais provável que pense em coisas que alimentam sua ansiedade. Você pode refletir sobre coisas ruins que aconteceram no passado, ou pode recorrer a previsões catastróficas sobre o futuro.

Seu corpo responderá de acordo. A sua frequência cardíaca e a sua pressão sanguínea podem aumentar. Você pode começar a respirar mais rápido e pode suar. Essas reações são destinadas a prepará-lo para a ação (é conhecida como resposta de luta ou fuga).

Saber como acalmar a mente e o corpo quando se sente ansioso facilita muito o enfrentamento de situações que provocam ansiedade.

3. Ansiedade não é racional.

É fácil acreditar que sua ansiedade significa que você está em perigo. Mas a ansiedade nem sempre é racional.

Você pode sentir-se ansioso quando está sã e salva em sua casa. Ou você pode sentir um pico aleatório de ansiedade quando está sentado em sua mesa. Como você reage ao aumento da ansiedade faz uma grande diferença em quanto tempo dura e em que intensidade ela se sente.

Se você entrar em pânico e se convencer de que não consegue se sentir desconfortável ou de que sua ansiedade é um sinal claro de destruição iminente, você permanecerá em um estado desconfortável e elevado.

Mas se você adotá-lo – em vez de combatê-lo – poderá se sentir melhor mais rapidamente. Aceite que a ansiedade seja desconfortável, mas lembre-se de que você pode tolerar o sofrimento.

4. Você pode reduzir a ansiedade mudando o ambiente.

Uma maneira de lidar com a ansiedade é mudar o ambiente. Mudar a situação externa pode mudar a maneira como você se sente.

Mas é importante considerar como você lida com a situação, porque ela pode ser saudável ou não.

Evitar, por exemplo, é uma estratégia comum de enfrentamento. Evitar suas contas pode reduzir temporariamente sua ansiedade. Mas não pagar suas dívidas cria problemas maiores a longo prazo – e pode agravar sua ansiedade a longo prazo.

Evitar uma pessoa que constantemente o critica, ou se dar permissão para pular um evento estressante de rede, pode ser uma maneira saudável de lidar com a sua ansiedade.

Observe as mudanças no meio externo que você pode fazer e que reduzirão seu estresse – além de melhorar sua vida a longo prazo.

5. Você pode reduzir a ansiedade mudando o seu estado emocional.

Em vez de mudar de ambiente, você pode gerenciar sua ansiedade alterando a maneira como responde ao ambiente.

Habilidades de enfrentamento saudáveis ​​incluem coisas como caminhar, praticar meditação ou praticar exercícios de respiração profunda que acalmam a mente e o corpo.

As habilidades pouco saudáveis ​​de lidar envolvem fazer coisas que mascaram temporariamente suas emoções, mas causam novos problemas (ou exacerbam os existentes) – como recorrer a alimentos ou álcool para obter conforto ou assistir a programas de compulsão alimentar, ignorando suas responsabilidades.

É importante avaliar as habilidades atuais de enfrentamento que você usa. Lembre-se de que todos têm espaço para melhorias quando se trata de praticar maneiras mais saudáveis ​​de lidar com situações que provocam ansiedade.

6. A ansiedade se torna um distúrbio quando prejudica o funcionamento.

Os transtornos de ansiedade incluem condições como transtorno do pânico, transtorno de ansiedade social, transtorno de ansiedade generalizada e transtornos de ansiedade induzidos por substâncias / medicamentos.

A ansiedade se torna uma condição de saúde mental diagnosticável quando tem um impacto negativo no seu funcionamento social, ocupacional ou educacional.

Evitar compromissos sociais, discutir com alguém devido à sua ansiedade, perder dias no trabalho ou não conseguir dormir são apenas alguns sinais de que você pode ter um transtorno de ansiedade.

7. A ansiedade é tratável

A ansiedade é a doença mental mais comum – ainda mais subtratada – na América.

A Associação de Ansiedade e Depressão da América estima que 18% da população tem um transtorno de ansiedade. No entanto, apenas 36% dos indivíduos com transtorno de ansiedade recebem tratamento para a ansiedade.

Um estudo australiano descobriu que a pessoa média com ansiedade espera oito anos para receber tratamento.

É lamentável que as pessoas com ansiedade esperem para obter ajuda porque a ansiedade é tratável. O tratamento pode consistir em medicação, terapia ou uma combinação dos dois.

Publicado originalmente no Business Insider .

 

>> Precisando de ajuda para reduzir a ansiedade?
Conheça as Terapias no Anima Mundhy
Agende: (11) 3567-7223

>> Nossa Escolha e Missão é auxiliar você a enfrentar os desafios da vida.
Consulte Agenda, pois nossos cursos também auxiliam na reduzir a ansiedade.