Muitas vezes nos vemos invadidos por pensamentos e desejos considerados negativos que nos prendem ao ego e desvirtuam o nosso caminho de crescimento espiritual.
E ao ficarmos aprisionados por eles acabamos brigando conosco e nos desanimando em perseverar em nosso caminho.
 
Uma história para refletirmos.
O discípulo disse ao mestre: – Tenho passado grande parte do meu dia vendo coisas que não devia ver, desejando coisas que não devia desejar, fazendo planos que não devia fazer.
O mestre convidou o discípulo para um passeio. No caminho, apontou uma planta e perguntou se o discípulo sabia o que era.
O Discípulo respondeu:- Beladona. Pode matar quem comer suas folhas.
Mas não pode matar quem apenas a contempla. Da mesma maneira, os desejos negativos não podem causar nenhum mal se você não se deixar seduzir por eles.
 
Entendendo o processo.
Os pensamentos e desejos negativos estão presentes em nosso dia-a-dia; eles fazem parte de nossos desafios pessoais e muitas vezes são reforçados pelo consciente coletivo da humanidade.
Acontece assim: algo desperta a energia do desejo em nós e então direcionamos nossos pensamentos para a realização desse desejo, criamos em nossa mente uma estratégia para que a energia do desejo se manifeste em nossa realidade e ele seja saciado.
Ou seja, entre o despertar do desejo em nossa mente e a realização dele em nossa realidade existe um espaço de tempo onde nos dedicamos a “alimentar” essa energia e fazer com que ela “cresça e apareça”.
 
Mudando o processo.
rejuvenescimento-imortalidade-afirmacao-1Para mudarmos, precisamos tomar consciência dos desejos que temos e não “alimentar” aqueles que são considerados negativos.
Não “alimentá-los” significa prestar atenção aos pensamentos e não direciona-los para criar estratégias de realização do desejo, mas sim direciona-los a buscar o oposto do desejo negativo.
Quando buscamos o oposto do negativo criamos em nossa mente a conexão com o positivo, com o que consideramos que seja a perfeição e ao mantermos nosso foco na perfeição o desejo negativo perde a força e acaba por se desvanecer.
O segredo consiste em nos mantermos atentos e trabalharmos dentro do espaço de tempo entre a consciência do desejo e a manifestação da energia dele em nossa realidade.
 
Assumindo a mudança.
Veja bem, negar que temos pensamentos e desejos negativos não é transforma-los, toda e qualquer transformação passa pela aceitação.
Ao aceitarmos que os temos, criamos a oportunidade de buscarmos o oposto, a perfeição.
Ao buscarmos a perfeição em nossos pensamentos e desejos, estamos transformando nossa realidade e exercitando nosso crescimento espiritual.
Ao trilharmos o caminho do crescimento espiritual, cumprimos nossa missão individual e contribuímos para a mudança do coletivo.
Pois bem sabemos que toda mudança parte de dentro e ao assumirmos a nossa mudança, a realidade a nossa volta se transforma.
Marcos Simões
 

Você quer compartilhar?
Prefira os botões: curtir, tweet e enviar por e-mail.
Compartilhe também os créditos e links.

Cursos Anima Mundhy
Consulte agenda

 

Links:
Mantras também são Afirmações de Luz: Om Mani Padme Hum
Meditação: Tornando-se Um com o Centro da Galáxia
Vídeo: Você já pensou sobre o que significa Espiritualidade?