19 / 09 / 2017 Comentários 2

As Energias de Setembro: Atravesse o Grande Portal dos Espelhos! Onde Encantada, Sincronário da Paz.

Segundo o Sincronário da Paz, começou em 18/09/2017, uma nova Onda Encantada: a Décima Onda Encantada do Espelho Branco, a qual influenciará a Terra e a Humanidade nos próximos 13 dias, marcando o final de setembro.

Se você estiver atento e conectado às Energias da Décima Onda Encantada do Espelho Branco, sentirá diversas facilidades para viver esse período com maior harmonia e fluidez.

Nesse artigo, você vai encontrar: O que é o Sincronário da Paz e a frequência 13:20 da Lei Natural do Tempo, O que é uma Onda Encantada, a interpretação sobre a Décima Onda Encantada do Espelho Branco e um áudio-vídeo da música para meditar e adentrar nas energias da Décima Onda Encantada. Tudo isso para facilitar a sua conexão com as energias cósmicas do momento. Vem comigo!

 

O que é uma Onda Encantada?

Uma Onda Encantada é uma unidade fractal de medida padrão que expressa ciclos de 13, sejam 13 dias (kins), meses (luas) ou até mesmo unidades maiores de tempo (sempre múltiplos de 13), formando um ciclo energético com início, meio e fim.

Uma Onda Encantada possui um significado cósmico único e representa uma etapa num processo de criação em andamento.

Uma Onda Encantada é um padrão de medida do tempo e é um instrumento que oferece informações e reflexões para o período de 13 dias.

O 13 nos põe em sincronia com a frequência 13:20 e expressa os 13 Tons Galácticos. Ao todo, são 20 Ondas de 13 Kins em um Ano (20 x 13 = 260).

 

O que é Sincronário da Paz e a frequência 13:20 de tempo

O Sincronário da Paz é uma proposta de calendário que se baseia num dos 17 calendários maias, o Tun Uk, que entende o tempo a partir de 13 luas de 28 dias por ano solar, perfazendo um total de 364 dias.

No Sincronário da Paz, a frequência de tempo é medida em 13:20, sendo considerada uma medida regular e harmoniosa que respeita os ciclos naturais.

13:20 significa 13 ciclos lunares (ou meses) mais 20 selos solares (Kins).

O 13 representa os ciclos lunares de 28 dias, cada qual, trazendo os 13 tons galácticos da criação, com 13 energias diferentes que permanecem fortes por 28 dias.

O 20 são frequências solares ou 20 selos (Kins) que se baseiam nos movimentos da Terra em relação ao sol, cada qual representando 20 energias diferentes que se alternam ao longo de 364 dias ao ano.

13:20 é a frequência natural de tempo para todos os Seres, são energias que influenciam a Humanidade e colocam o Ser Humano em sincronia perfeita com os movimentos naturais da Galáxia e do Universo.

Compreender o tempo a partir de 13 ciclos lunares é universal e vai além dos calendários maias, pois por mais de 5500 anos os indígenas dos Andes utilizavam um calendário 13 luas/28 dias, assim como os druidas, entre outros. Os povos antigos conheciam as influências da lua sobre a natureza e baseavam-se em seus movimentos para o tempo do plantio, da colheita e etc.

Medir o tempo a partir de 13 ciclos lunares é uma proposta de retorno aos ciclos naturais da Terra, o ciclo biológico natural, uma medida natural do tempo. Se você observar bem, vai perceber os 13 ciclos lunares na natureza ao longo do ano. Perceba o ciclo de 28 dias nos corpos femininos, por exemplo.

 

Qual é a Mensagem do Espelho Branco?

A Mensagem principal da Onde Encantada Espelho Branco é: você vê no mundo externo o reflexo do seu mundo interno e estimula a Humanidade a conhecer-se, a transformar-se e a aprender através dos seus próprios reflexos.

Isso significa que o mundo lhe traz mensagens a respeito a respeito de si mesmo e lhe propõe reconhecer o seu mundo interior através da observação do que acontece ao seu redor.

O seu ambiente, as suas relações e as situações que você vive lhe trazem informações sobre quem você é, sobre como estão as suas emoções, as suas vibrações e as suas atitudes, além de lhe mostrar quais são as suas crenças e os seus pensamentos.

Em outras palavras, cabe aqui a pergunta: o que estou reverberando para o mundo?

Ao perceber que aquilo que lhe rodeia partiu de você mesmo, você terá primeira impressão a respeito do como você está se manifestando na vida e lhe tira do passado e do futuro para se posicionar no momento presente, a fim de realizar transformações internas no seu agora, aprimorando-se para expressar-se de modo a construir uma nova realidade para si mesmo.

Lembre-se: mudanças só podem acontecer no Aqui e no Agora, o único momento que traz as novas oportunidades e as infinitas possibilidades de Criação, no sentido de Co-criar a sua própria existência a partir dos seus mais profundos desejos.

Como está o seu mundo? Como está a sua vida? O que você está produzindo na sua realidade a partir do seu próprio pensamento e emoções? Quais são as suas crenças? O que o outro está trazendo para o meu aprendizado?

Aqui está o “assumir a responsabilidade” sobre as suas experiências, sabendo que você pode mudar a sua vida quando transforma o seu próprio Ser.

O Espelho Branco diz à Humanidade: deixe de sentir-se como vítima, deixe de reclamações e saiba que aquilo que você vê no seu hoje está refletindo aquilo que você pensou, sentiu, vibrou e acreditou no seu ontem. Ponha-se em Ação transformadora do seu próprio interior, a fim de que possa refletir – ou reverberar -, de uma forma mais condizente com o que você deseja ver no seu mundo.

A decisão que o Espelho Branco lhe estimula a fazer é: quero ver a Verdade a meu respeito, concentro-me em olhar no Espelho Sagrado para perceber o que a vida, as relações e as situações estão espelhando para mim e aceito transformar-me para o meu próprio aprimoramento.

O Universo está se comunicando com você a partir do Espelho Sagrado, trazendo-lhe dicas e instruções para a melhoria da sua estadia na Terra. Você só se ver, reconhecer-se com amor, sinceridade e auto aceitação, voltar-se para si e dedicar-se a vibrar de forma diferente, se acaso não goste do que vê.

 

Décima Onda Encantada do Espelho Branco:
O Poder do Infinito, de 18/09 a 30/09 de 2017
Interpretação de Iara Moraes

Esta Onda Encantada pertence ao Castelo Azul Oeste do Queimar. Corte da magia, o poder de dar a volta. Dentro do Castelo Azul do Queimar ocorre o retorno.

A tribo do Espelho Branco refina o queimar pelo poder do Infinito; recordada a verdade de Netuno Solar.

 

Palavras chaves do Espelho Branco:  Refletir, Ordem, Infinito.

 

Propósitos deste período:

Refletir, comunicar, desapegar-se e Amar.

Entramos agora na Onda Encantada do Espelho que te leva a atravessar o grande Portal do Espelho, onde você deverá encarar a si mesmo em sua essência mais pura. E essa travessia vai durar 13 dias. É a sua oportunidade para deixar emergir seu Ser mais cristalino, longe das ilusões e de uma imagem condicionada de si mesmo.

Durante este período, serão expressos os sentidos da palavra Refletir, assim, reflita em tudo o que fizer, com calma e ordem; reflita a sua própria luz interior, sem ofuscação; reflita a sabedoria da sua mente e lembre-se que você também reflete o outro, se tornando um espelho também. Então, se mantenha “em ordem”.

Ordene tanto os seus pensamentos como as suas ações. Procure sempre manter a calma, pois ela reflete a sua paz interior.

Se tudo parecer confuso, pare, tome uma inalação profunda e ao exalar pense: “tudo está bem, tranquilo e em ordem comigo, pois eu sou a Luz Universal que banha o meu ambiente transmitindo a paz”.

Converse com você mesmo. Experimente fazer isso se olhando no espelho. Não se sinta distante ou separado de sua própria divindade, porque você é tão somente você mesmo e isso quer dizer: Luz, Vibração.

Procure se expressar da forma mais clara quanto possível, permitindo que o outro também se expresse.

Evite concentrar a conversação apenas em seus pontos de vista. Saber escutar é uma forma de falar e de dizer que você respeita também o outro tanto quanto a você.

Saiba perdoar e transmutar toda e qualquer situação negativa, porém se a negatividade for insuportável, se afaste do ambiente até tudo se transformar, porque tudo é movimento e mudança.

Desapegue-se. Procure fazer mudanças em sua vida começando a desapegar-se de velhas situações, de velhos padrões, de velhos pensamentos.

O novo clama por luz e como duas coisas não ocupam o mesmo lugar no espaço, você deve se desapegar do que não faz mais sentido para você, e só assim a luz do novo pode brilhar. Às vezes costuma-se permanecer em uma situação sem sentido, por medo de mudar. Solte, deixe ir.

Lembre-se: O planeta está passando por uma grande transmutação, onde o desapego é a ordem do dia, só assim, pode-se dar um salto dimensional junto com o planeta e cabe a você ajudar a iluminar esse planeta através do seu grande amor universal.

Seja leal ao amor que você sente por si mesmo e que esse amor reflita o Grande Amor Universal projetado através de toda a galáxia para a expansão da paz que tanto precisamos em nosso planeta.

 

Desafios: O que deve ser aprendido?

Estabilizar a energia, equilibrar a intuição e produzir cura.

Fique atento, durante esta onda para não perder energia. Às vezes os processos intensos, aos quais somos submetidos, nos levam a locais densos, nos afastando do centro, aí é o momento de se perder muita energia, se desvitalizando. É preciso estar centrado.

Haverá tendência a se sentir exausto ou acelerado. Então, é necessário se abastecer de energia extra, que é obtida através de exercícios respiratórios, onde você deve acalmar todo o seu ser. É bom ler um bom livro ou escutar músicas que acalmem.

Durante o período dessa onda encantada, procure transformar toda a energia que você perceber como negativa e promover uma profunda modificação interna.

Fique atento para não se desconectar de si mesmo e tender a compulsões ou geração de um ambiente denso, com impulsos violentos. Organize seus sonhos. Determine o que é imediato e siga a sua intuição.

Procure evitar momentos demasiados de solidão ou longas introspecções, pois poderá tender a uma depressão e isso não é nada bom, no momento atual em que se encontra o planeta. Fique mais receptivo às mudanças, seguindo sempre a sua intuição.

Durante este período, também muita coisa deverá chegar com abundância. Assim, evite pensamentos negativos ou se envolver em situações que lhe levem a ter sentimentos negativos. Separe um instante durante seu dia, para fazer meditação e refletir em si mesmo buscando o autoconhecimento para se curar.

Saiba por que você reage e age de determinada forma, como você e seu corpo respondem a determinadas situações. Comprometa-se a realizar sua própria cura.

 

Qual é a ação (O que fazer?):

Ativar a luz, se concentrar e libertar a arte.

Quando se fala em ativar a luz, significa que você deve trazer a luz para a sua vida. Buscar sabedoria e conhecimento que auxiliem na sua auto- iluminação.

Muita gente vê a iluminação como algo pertencente apenas a algumas poucas pessoas, santos e monges orientais, mas isso não é verdade, essa concepção só existe porque eles realmente acreditam que são seres que alcançarão a iluminação. Cada Ser é um grande Sol e, como tal, propensos, a iluminar.

Então, se veja como esse grande Sol que é a matriz do Fogo Universal e brilhe, porque você está aqui para isso. Brilhar. Mas que esse brilho não lhe leve a um estado de superioridade perante os outros seres. Porque desde uma microscópica formiga até um grande ser humano possui seu próprio brilho, que é necessário ao planeta.

Concentre-se. Focalize sua meta. Permita o florescimento e amadurecimento de seus ideais. Harmonize-se com seu ser interior e se deixe inspirar pela percepção.

Na vida, qualquer coisa só pode florescer quando se dedica um pouco de concentração e se tem à certeza de sua própria realização.

Procure se entregar e se integrar à beleza. Perceba isso em cada instante, em cada detalhe, em cada ação. Tudo neste planeta gira na mais perfeita harmonia, apenas nos esquecemos de observar isso, por se estar muito preocupado com o ambiente tridimensional imediato. Assim, liberte a arte no planeta.

Observe a elegância de cada estrela, de cada flor, de cada árvore, de cada pássaro e de cada ser. A harmonia da frequência da luz, que nos permite ver a cor. Então, preencha a sua vida com a harmonia, qualquer coisa que não compartilhe a harmonia, não vale a pena e, acima de tudo, seja elegante na forma de falar e tratar os seres, seja lá quem for: da pedra ao animal, à planta, ao humano.

 

Qual a melhor forma de agir (Como fazer?):

Definir a forma de ser, modelar o instinto e se dedicar à purificação.

Para você ser, você deve nutrir-se de tudo o que é sagrado, porque assim é você e tudo o que você olha. Procure nutrir-se de bons pensamentos, boas leituras e boas companhias.

Quando se diz a palavra, bom, não se tem aqui nenhuma conotação religiosa ou filosófica. O bom é tudo aquilo que dá satisfação e traz harmonia e, consequentemente, paz interior.

Então, durante este período, cuide de você mesmo, como a maior forma de expressão cósmica. Busque integrar-se ao que você acha essencial para a sua sobrevivência.

Modele seus instintos negativos e procure manter o controle sobre eles e não perder energia vital com repentes. Faça tudo com uma profunda paixão e satisfação.

Se o que você faz não possui essas duas qualidades, então, está na hora de você repensar sua vida, para não vir à tona como uma enfermidade física ou emocional causada por uma frustração.

Este período também está propício a se buscar a purificação das emoções desarmônicas. Na realidade é um período para se pensar em si mesmo como um reflexo da luz divina, onde tem lugar a harmonia, a modelação de instintos negativos pela definição de cada um deles e, um ser consciente do que lhe acontece e purificado de emoções negativas está pronto para se auto iluminar e brilhar como uma estrela a mais no planeta Terra e, sendo assim, compartilhe com os outros suas deduções e experiências positivas para ajudar outros a se purificar também. Pois, somos tão somente uma rede de filamentos energéticos, expandindo a luz que purifica todo o planeta.

 

Voo Mágico (Qual é a saída?):

Amar!

Muitos artistas, poetas, filósofos e seres iluminados, têm dito que “O Amor é a Resposta”. Porém dizer é muito diferente de fazer acontecer.

Quando se fala de amor, não se está falando de um sentimento egoísta e co-dependente, que se nutre por outra pessoa, mas de um sentimento, puro, livre de co-dependência e, sagrado. Um sentimento incondicional, não submisso, mas consciente de seu lugar no planeta.

É olhar para cada lugar, ver cada ser, de qualquer reino e sentir o sagrado que é; o divino que é, e ser inundado por um sentimento tão grande que desconhece esse tempo, o espaço e os limites tridimensionais.

Foi este sentimento que fez os Maias nos deixarem ferramentas para abrir nossos caminhos no agora, para despertar uma nova consciência.

 

Para refletir:

“Quando nos rendemos àquilo que é e assim ficamos inteiramente presentes, o passado deixa de ter qualquer força. Não precisamos mais dele. A Presença é a chave. O Agora é a chave.” (Por Eckhart Tolle, em “Praticando o Poder do Agora”).

 

In Lak’ech (eu sou o outro você)
Tania Resende

 

Consulte agenda atualizada.
Fique atento.

 

Musica meditativa para a Onda Encantada do Espelho Branco
Por Martin Kuipers (Can Ik)

A música com base em cálculos do tzolkin e synchronotron, a cada dia tem a sua própria curta melodia de 5 notas. Ao organizar todas as 13 melodias, uma viagem musical única decorre de Hunab Ku.

Você gostou desse artigo? Acha que seus amigos também vão gostar?
Então, compartilhe! Use os botões acima do post. Gratidão.

 

Tags:, , , , , , , , , , , , , ,

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

  1. Maravilhoso. Dá pra sentir o amor em cada palavrinha escrita. Gratidão.