O desafio de integrar sombra e luz, está diretamente relacionado à concepção do que é sombra e do que é luz.
Buscar a consciência da Luz é a chave para realizar essa integração.
Relembrando o conceito de que Luz é energia e escuridão é ausência de Luz, vamos examinar quais são as qualidades da Luz.
 
Luz: a fonte da Verdade
Qualquer Ser neste Universo sabe que a Luz tem como característica básica a capacidade de iluminar, clarear e, portanto, quando estamos em um local escuro, precisamos da Luz para enxergar.
Então, ao se manifestar, a Luz ilumina o que estava escuro, torna claro o que era obscuro, revela o que estava escondido nas sombras e, assim, a Luz traz a Verdade à tona.
 
Significado da palavra Verdade:
No dicionário, a palavra verdade significa: qualidade pela qual as coisas se apresentam tais quais são; aquilo que corresponde à realidade, o que é certo.
 
Então, …
A Luz, ao revelar a Verdade, nos mostra a realidade “nua e crua” das situações em que estamos envolvidos e que muitas vezes não queremos ver.
E quando não queremos ver “as Verdades”, buscamos disfarçá-las, mascará-las, ou até mesmo escondê-las.
Em outras palavras, buscamos a sombra da Verdade.
 
A consciência das sombras e da Luz: o que surge junto com a Luz?
E, na Verdade, existem outras qualidades inerentes à Luz: a honestidade, a clareza, a sinceridade, o respeito, a compreensão, a percepção ampliada, etc.
Se utilizarmos essas qualidades ao lidarmos com as situações que a realidade nos apresenta, estaremos trabalhando com a Luz.
 
O que acompanha as sombras?
Se, ao lidarmos com a realidade ignorarmos alguma das “qualidades-Luz“, tanto a Verdade quanto a Luz estarão obscurecidas, ou seja: a sombra se apresentará.
Então, a mentira, a desonestidade, a falta de respeito, a percepção limitada, são algumas das características das sombras.
E se olharmos com maior profundidade para esse assunto, perceberemos que existe uma sombra para cada “qualidade-Luz“.
 
A solução é restabelecer a Unidade
Se a sombra se distingue, se separa da Luz ao negar as qualidades que pertencem à Luz, posso dizer que a sombra representa a dualidade.
A dualidade gera divisão.
A divisão gera a separação.
Então, as sombras nos separam da realidade maior, que é a Luz.
Realizar a integração das sombras à Luz significa restabelecer a Unidade na Luz e isso não se consegue negando as sombras, pois elas existem e são naturais.
Só conseguiremos restabelecer a Unidade, quando assumirmos que as sombras existem e procurarmos a “clareza das sombras”.
 
Como dissipar as sombras?
Uma sugestão é perguntar-se: “Qual é a qualidade-Luz que a sombra está escondendo?“.
E ao direcionarmos a nossa atenção para a “qualidade-Luz” que está escondida, estaremos iluminando e dissipando a sombra.
 
Dicas para uma integração consciente:
1. Olhe para a situação que você quer iluminar;
2. Observe-a e descubra onde está a sombra nessa situação;
3.  Ao tomar consciência da sombra, pergunte-se:

  • Qual é o oposto dessa sombra?
  • Qual é a “qualidade-Luz” que esta sombra esconde?

Use o tempo que for preciso para tomar consciência da qualidade escondida. E então, …
4. Foque sua atenção na “qualidade-Luz” e comece a agir em conformidade com ela.
 
Sombras como conselheiras?
Toda vez que a sombra se apresentar, olhe para ela, lembre-se que a origem dela é a Luz e aja de acordo com a “qualidade-Luz” que ela lhe mostra.
Agindo assim, suas sombras se transformarão em suas conselheiras, suas instrutoras no caminho do crescimento e da Ascensão.
 
Luz e Paz,
Marcos Simões

 
Você quer compartilhar?
Prefira os botões: curtir, tweet e enviar por e-mail.
Se optar por copiar, não se esqueça de copiar também os créditos e links.
 
Leituras complementares:
2013: um ano de desafios? Assuma o Comando!
Como você percebe as dificuldades?
Reiki e a 5.a dimensão. Amor, Prosperidade e Abundância!