O inverno é a estação em que a natureza hiberna e conserva a sua energia, cultivando os recursos que irão florescer na primavera.
Após a caída das folhas no outono, as árvores entram em repouso, preparando a nova geração de flores e frutos, na primavera.
O solo descansa para a nova semeação, as sementes entram em “estado de suspensão” e armazenam forças para brotarem na primavera. Os animais se recolhem, aguardando a estação dos próximos acasalamentos.
 
Assim como é na natureza, também é dentro de nós.
dicas-inverno-medicina-chinesa-4No inverno, sentimos a necessidade de nos recolher para dentro de nós mesmos, nos tornamos mais introspectivos e tendemos a ser mais silenciosos.
O inverno é a estação da introspecção e do recolhimento.
O silêncio do inverno contrapõe-se aos ruídos do verão. Um momento em que preferimos atividades mais tranquilas e em espaços fechados, levando-nos a convivências mais íntimas e aconchegantes.
No inverno, o corpo necessita de maior quantidade de energia para manter a temperatura corporal em níveis adequados.
Se quisermos acompanhar o fluxo natural de todo o Universo e em especial da própria Terra, a imagem da semente que guarda em si o potencial para gerar uma grande árvore deve ser o nosso guia.
 
A medicina chinesa e o inverno
Para a medicina chinesa, o inverno é a estação da quietude, repleto de dias curtos e noites longas: é a própria natureza nos informando sobre a postura correta que devemos assumir nesta estação.
dicas-inverno-medicina-chinesa-2Ainda segundo a medicina chinesa, o inverno é regido pelo elemento água e está relacionado com os rins e bexiga e também com a Força Vital que flui por todos os corpos.
No inverno, a água está desgastada, não apenas por causa da seca do outono, mas também pelo seu uso intenso na primavera e verão.
A água é o elemento que gera e mantém vida, sendo que 75% do nosso corpo é constituído de água. Água é, portanto, a essência da vida!
E no inverno, a essência da vida necessita de repouso, a fim de que tenha força suficiente para se expandir novamente na primavera.
 
Energia Vital, alimentação e inverno
E assim, o inverno é o período em que precisamos fortalecer a nossa própria energia de vida, “nutrir a seiva” – a Energia Vital, e nós a fortalecemos descansando e respeitando os ritmos mais “lentos” do corpo e nós a nutrimos bebendo bastante água e nos alimentando adequadamente.
Há um ditado popular na China que diz:
“Quando uma pessoa alimenta-se bem no inverno, adquire força suficiente para capturar um tigre na primavera.”.
 
Conselhos de inverno
O conselho que o inverno traz é: dormir mais um pouquinho durante a noite, ficar mais em casa, descansar durante o dia, aproveitar o tempo livre para atividades que tragam sensações prazerosas e que nutram o corpo e a Alma, além de economizar o gasto de energia.
Lembra dos filmes que não conseguiu ver e dos livros que não conseguiu de ler?
Este é o momento de colocá-los em dia.
O inverno é um período muito propício para passar as tardes embaixo das cobertas lendo os seus  livros preferidos, assistindo um DVD com a família, com amigos ou mesmo sozinho; comendo pipoca e tomando um gostoso chazinho morno.
É hora de fortalecer o íntimo, a essência, a seiva, a Energia Vital, e assim todo o corpo estará cheio de vida para “renascer” na primavera e ainda para abrigar o “Fogo do verão”.
É o momento de olhar para nossos projetos interiores, fortalecê-los e armazenar recursos, preparando-os para florescer na primavera.
 
Dicas de alimentação
Há uma forte tendência a acreditar que no inverno a alimentação deve ser “pesada” e tendemos a preferir alimentos tais como: carboidratos, frituras, feijoadas e doces.
Porém, entendendo que na natureza o momento é de economia de energia, a nossa alimentação deve seguir bem ao contrário do que pensamos. Alimentos “pesados” exigem mais do metabolismo e tendem a usar maior quantidade de energia para serem digeridos, enfraquecendo o organismo.
Estes alimentos, então, devem ser evitados, ou consumidos com moderação.
dicas-inverno-medicina-chinesa-3Nozes, castanhas e sementes são altamente recomendadas, pois possuem os níveis exatos de gorduras que necessitamos e são facilmente metabolizadas pelo organismo, além de nutrir, aquecer e elevar a energia corporal.
As frutas cozidas (como banana com mel e canela – no forno) podem ser ótimas alternativas para os doces, pois além de aquecer, nutrir e fortalecer o organismo, ainda trazem leveza ao estômago, sendo de fácil digestão e exigem menor uso de energia corporal para metabolizá-las.
Acrescentar raspas de gengibre e cravo da índia aos alimentos também é uma ótima opção para um sabor especial nas refeições, pois ajudam a aquecer o corpo.
A ingestão de líquidos não deve ser esquecida, uma vez que a água é fundamental para que a Energia Vital adquira a fluidez necessária para percorrer todo o organismo. Desta forma, os rins são também fortalecidos e purificados.
Chás, sopas e cozidos, que além de auxiliar na hidratação corporal, ainda colaboram na manutenção da temperatura corporal.
 
Uma receita para aquecer o corpo: chá da casca da tangerina
Rale a casca da tangerina numa quantidade suficiente para uma colher de sopa.
Coloque 1 xícara de água para ferver.
Quando levantar fervura, acrescente as raspas da casca e após 2 minutos apague o fogo e deixe descansar por 5 minutos.
Se desejar, pode acrescentar raspas de raiz de gengibre, aquecendo o corpo ainda mais rapidamente.
Você pode escolher beber o chá sem adoçá-lo ou, se preferir, adoce com um pouco de mel.
 
dicas-inverno-medicina-chinesa-1E os exercícios físicos?
Exercícios físicos são muito recomendados na época do inverno, pois ao ativar a circulação, aquecem e revitalizam. Porém, você deve lembrar-se que seu corpo está buscando economizar energia.
Então, evite extrapolar o ritmo que seu corpo está pedindo. Prefira caminhadas ao sol, exercícios leves como: Hatha-yoga, Tai-Chi-Chuan, alongamentos e afins.
O inverno não é o momento de modificar ou aumentar a elevar o seu ritmo de exercícios. Mantenha-se no ritmo e na frequência de exercícios que seu corpo já está acostumado.
 
Concluindo …
Quando seguimos em conformidade com a natureza, preservamos nossa saúde e nos tornamos pessoas mais felizes!
 
Eu te desejo um feliz e aconchegante inverno!
Tania Resende
 
Para compartilhar:
Use os botões “curtir” e “enviar por e-mail”, acima do post.
Compartilhe também os créditos e links.
 
Cursos Anima Mundhy?
A Energia Positiva das Cores
Consulte agenda
 
Leituras complementares:
Dicas de outono: saiba como você pode sentir-se mais feliz nesta estação!
Dicas de primavera
Cura Planetária: conheça dois importantes projetos brasileiros