“Hoje eu busco e acho tudo o que eu quero. O meu único propósito me oferece isso. Aquele que busca alcançar a verdade, não pode falhar”. (Um Curso em Milagres, Livro de Exercícios, Lição 131)
 
Diversas são as maneiras como os milagres se manifestam em nossas vidas. Nem sempre eles nos chegam da forma exata como pedimos ou como imaginamos, pois o Universo utiliza os melhores recursos e meios disponíveis para nós. De uma visão mais expandida, pode-se ver aquilo que é bom realmente para cada um de nós.
Pedir é importante. Porém, tão importante quanto o pedir é saber receber. Precisamos nos abrir para receber milagres e isto inclui nos colocarmos atentos para reconhecer os milagres, que podem vir de onde não esperamos.
Milagres sempre se manifestam. E nós precisamos reconhecê-los para usufruirmos deles!
As crianças, por serem menos “contaminadas” de limites, sabem bem como se abrir para milagres! Tenos muito a aprender com elas.
Compartilho a seguir o depoimento da minha aluna Kalu, que ilustra muito bem a importância de sabermos identificar e aceitar os pequenos milagres que acontecem em nossas vidas.
Luz e Paz,
Tania Resende
 
Mesmo com pouca idade, a filha de Kalu sabe receber milagres
Minha filha sempre fez a campanha: “mãe, me dá um irmão ou uma irmã” e às vezes pede os dois ao mesmo tempo.
Eu, sempre me esquivando, consegui fazê-la entender que um bebê demoraria anos para poder brincar com ela e que nossa solução não eram os irmãos.
Nas festas de final de ano, viajando juntas, minha filha fez uma oração especial antes de dormir: pediu aos Anjos por uma companhia para brincar, pediu que eu arrumasse um namorado que tivesse uma filha da idade dela.
Demos muita risada e fomos dormir, sem pensar mais nisso.
Quando voltamos pra casa, uma semana depois, estacionamos o carro e vimos que da casa vizinha saíram duas meninas, uma de 10 e outra de 4 anos. Eram novas vizinhas que se mudaram enquanto estávamos viajando.
E a partir de então, toda vez que minha filha quer brincar com alguém, pula da varanda pro telhado da vizinha e engata na conversa com as novas vizinhas.
Ela chama as novas amigas pra passar a tarde aqui em casa e já até fizemos um piquenique que terminou em chuva.
Amizade feita, minha filha tem agora a companhia que pediu aos céus.
Kalu
 
Você quer compartilhar?
Prefira os botões: curtir, tweet e enviar por e-mail.
Se optar por copiar, não se esqueça de copiar também os créditos e links.
 
Links
Um Curso em Milagres
Sem pecados: uma atitude positiva para criar milagres em sua vida
Uma Força Sobrenatural se manifesta e então os milagres acontecem
Medo é falta de confiança nos processos positivos do Universo