22 / 11 / 2013 Comentários 2

Natal: faça novas escolhas para criar uma festa diferente! Use e abuse da criatividade espiritual!

natal-festa

Jesus me “ditou” uma mensagem propondo-nos uma reflexão referente ás festas natalinas e sugerindo-nos mudanças na maneira de vivermos os dias que antecedem ao natal.

Clique aqui para ler a mensagem

 

Vamos refletir?

Não é preciso ser um “expert” para perceber que a Humanidade Cristã se inseriu numa avalanche de obrigações e afazeres no período que antecede o natal. Os preparativos para esta festa tornou-se tão cheia de detalhes, não é mesmo?

Tempo, dinheiro e energia são usados até os limites humanos. As compras, os presentes, os convites, as refeições, a decoração, e tantos outros itens tornaram-se prioritários e imprescindíveis!

 

Você já se ouviu dizendo: “eu tenho que”?

Nesta época, é muito comum escutarmos frases que começam com as palavras: “eu tenho que”: eu tenho que comprar presentes para Fulano, Beltrano e Ciclano; eu tenho que definir o cardápio; eu tenho que decidir sobre os pratos, talheres e os copos; eu tenho que comprar o assado; eu tenho que escolher a toalha de mesa; eu tenho que telefonar para Fulano e Beltrano; eu tenho que

Você já percebeu quantos infindáveis “eu tenho que” fazem parte da vida, especialmente nesta época natalina?

 

Olhe ao redor: o que você vê?

Nos dias que antecedem o natal, é comum vermos pessoas “atarantadas”, andando prá lá e prá cá, repletas de “eu tenho que”, num “corre-corre” que parece interminável!

O trânsito piora, mesmo nas pequenas cidades; as lojas ficam lotadas; parece que ninguém enxerga ninguém, a não ser a si mesmo e os itens da lista pessoal dos “eu tenho que”.

Para muitos, a preparação natalina tornou-se mais um “fardo” a carregar, mais uma agenda a cumprir!

 

Mas … e a festa de natal?

Eu tenho visto as pessoas chegarem tão cansadas à festa de natal que mal conseguem aproveitá-la!

Então, resta apenas cumprir mais uma etapa da agenda: comer o que foi preparado, “dar-se ao luxo” de beber um pouco a mais, conversar sobre amenidades, distribuir os presentes, repartir as sobras de comida, lavar a louça, catar o lixo e pronto.

Ufa, acabou!

 

Nossa! “Eu tenho que” fazer a oração!

Ah! Você estava quase se esquecendo de incluir na sua lista dos “eu tenho que” a oração de natal?

Acrescente na lista dos “eu tenho que” a tradicional oração!

Como “manda o figurino cristão”, é bom que se faça pelo menos uma oração, em especial antes da refeição!

Claro! Há os que se esquecem! Afinal, a lista dos “eu tenho que” é tão grande,  não é mesmo?

Humanamente impossível dar conta de tudo!

Tudo bem! Está perdoado!

 

Ah! Você incluiu a oração na sua lista?

Nesse caso, seria interessante se perguntar o quanto houve de verdadeira conexão espiritual na sua oração.

Ou será que orou “ligado no automático”, repetindo como um papagaio palavra por palavra as orações que decorou na sua infância?

 

natal-animamundhyNossa! Ninguém está se entendendo!?

Você já percebeu quantas pequenas discussões ou grandes contrariedades, “engolidas” ou verbalizadas, acontecem no período que antecede ao natal?

É um momento tenso entre os familiares!

As sombras surgem do nada e os egos se chocam entre si!

Afinal, cada qual quer fazer valer as suas vontades, cada qual acha que tem a opinião mais acertada e tudo que foi mal resolvido ao longo do ano – ou dos últimos anos – vem à tona e quer se mostrar!

Em alguns casos, até parece um ringue de competições!

 

É tempo de fofocas?

Na falta de assunto, vamos falar do outro!

Ou melhor, vamos procurar os defeitos do outro e comentar sobre isso!

Julgar e criticar o outro alivia muito o ego humano!

E assim, a festa de natal é um momento bem propício para isso.

Afinal, estão todos reunidos, já cansados, estressados e com seus egos a flor da pele.

 

Fofocas internas já se esgotaram?

É hora de expandir fofocas!

É hora das fofocas externas: criticar o jogador de futebol, o time e o técnico; criticar o governo, a política e a economia, …

E o tempo passou, a festa acabou.

Fim! The End!

Agora só ano que vem!

 

Peraí: alguém falou algo de bom?

 

Natal e o fim da festa: obrigação cumprida! Página virada!

Quando a festa de natal termina, chega um enorme alívio, pois finalmente todos vão poder descansar após uma maratona intensa de aproximadamente 30 dias, ou mais!

A sensação é de “obrigação cumprida” e agenda realizada.

Página virada.

Vamos fazer as novas listas de “eu tenho que”!

 

Os tumultos do mundo são tumultos do ego

Os preparativos para o natal se tornaram os “tumultos do mundo” que Jesus se referiu na mensagem.

E está claro que em termos de espirituais, as preparações natalinas deixam um pouco a desejar!

O ego humano e sua respectiva e enorme lista de “eu tenho que” conseguiu tornar esse momento tão vazio e tão sem conexão nenhuma com as nossas Almas e com os nossos corações!

O modo como nos organizamos e vivenciamos o natal não mais preenche os nossos corações.

Você já se percebeu com a sensação de que faltou algo, após as festas de natal?

Você saiba que o nosso Ser interno não se satisfaz com os aspectos externos ou com situações que não fazem sentido á Alma.

 

Minha regrinha especial: retorne às bases!

Eu tenho comigo a seguinte regrinha: “quando as coisas estão confusas, vazias e sem propósito, retorne às bases”.

Isto significa voltar no ponto inicial, retornar ao ponto onde tudo começou, lembrar objetivos e ações, a fim de trazer de volta o propósito inicial.

 

Então, vamos retornar às bases:

O que é o natal, afinal?

O natal é uma festa cristã que comemora o nascimento de Jesus na Terra.

O que Jesus veio fazer aqui?

Jesus veio à Terra para ancorar a Energia Crística, trazendo as Forças do Amor Incondicional.

Jesus veio mostrar o Poder da Divindade dentro de todos e relembrar que somos feitos á Imagem e Semelhança de Deus.

 

natal-jesusQue parte da festa você escolheu viver?

O natal é um momento espiritual e não material!

O natal é isso e nada mais.

E você deveria dedicar-se a preparar-se espiritualmente para receber a Luz do Cristo em seu coração!

Apenas isso e nada mais!

Que parte da festa você escolheu viver?

 

Você já está fora destes tumultos de natal?

Então você já está conectado com a Nova Terra!

Bem vindo!

Luz e Paz,

Tania Resende

 

Compartilhe!
Use os botões “curtir” e “enviar por e-mail”, acima do post.
Compartilhe também os créditos e links.
Honre o Divino em você ao honrar o Divino no outro.

 

Anima Mundhy no Facebook?
Todos os dias, novidades, comentários, frases e pensamentos legais!
Clique aqui para acessá-la.

 

Links:
Os 10 Mandamentos de Arcanjo Miguel
Afirmação de Luz para gerar movimento
Sonhos e desejos podem se tornar realidade

 

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

  1. Tatiana

    Muito grata, Tania, é isso ai, bjs

  2. adriana

    Tenho pensado muito nessa questao mercadologica acerca da data, bela reflexao, tania mais uma obrigada!