Práticas Espirituais
Uma das minhas práticas espirituais consiste em sentar-me silenciosamente e escutar o Pai-Nosso em Aramaico, pois eu acredito que tanto o Aramaico quanto o Hebraico possuem a força (energia) original da palavra: lida, falada ou cantada.
Recentemente, eu tenho lido na internet diversas traduções diferentes do Pai-Nosso em Aramaico, fato que me deixou intrigada e, de certa forma, confusa em relação à sua verdadeira tradução.
Como é um costume meu, busquei informações entre aqueles que estudam o Aramaico e encontrei alguns textos cuja autoria é de especialistas neste idioma.
Particularmente, após ler diversos textos, preferi “ficar” com a tradução mais literal possível, por sinal muito parecida com o Pai Nosso que conhecemos, a qual escrevi no final deste post.
A letra do Pai Nosso é, por si mesma, linda, muito significativa e forte.
 
O que é o Aramaico?
A palavra “Aramaico” vem do Aram bíblico, filho de Shem e neto de Noé.
Aram era o pai da antiga civilização – pós dilúvio – dos Arameanos, que, segundo historiadores, ficava na região da Síria e da Mesopotâmia.
E, portanto, Aramaico era o idioma era também um adjetivo, descrevendo alguém ou algo relacionado a Aram e sua civilização.
Alguns estudiosos afirmam que no Aramaico está a origem dos idiomas Hebraico e Árabe.
Muitas Escrituras Sagradas, assim como orações e invocações dos povos antigos do Oriente, foram originalmente escritas em Aramaico, tais como o Velho Testamento e o Talmud.
O idioma de Jesus era o Aramaico. Era o idioma usado em sua época. Foi em Aramaico que Ele nos ensinou o Pai Nosso. E, ao meu ver, ir direto na fonte primeira do Pai Nosso traz a sua energia original, fica mais forte e atua no meu inconsciente, de forma a abrir melhores conexões.
 
Sobre as Diferentes Traduções
Segundo Philipos, especialista no idioma Aramaico, “as traduções da oração Pai Nosso disponíveis na internet representam mais uma interpretação mística do significado desta oração do que uma tradução”.
Philipos também nos chama a atenção para o fato de a palavra final “Amém” não faz parte do texto original, sendo incluída posteriormente, apenas por tradição.
 
Medite com o Pai Nosso em Aramaico


TRADUÇÃO LITERAL

Pai Nosso em letras Aramaicas originais ,como citado em Mateus, 6:9-13
Pai Nosso em letras Aramaicas originais ,como citado em Mateus, 6:913. Lê-se da direita para a esquerda.

Avunan d’bishmaya
Nosso Pai Celestial
Yeticadash sh’mach
Santificado seu Teu Nome
Tite malcutach
Venha o Teu Reino
Yehie sevionach
Seja feita a Tua vontade
Heicama d’bishmaya af bar’a
Na terra assim como o é nos céus
Hab lan lachma
Nosso pão diário
D’sunchanan yaomana
Dá-nos hoje
 
U’ashvuk lan hoveinan
Perdoa as nossas dívidas
Heicama d’af enan
Assim como nós
Shbaknan lichayoveinan
perdoamos os nossos devedores
Ula T’ilan linissiuna
Não nos conduza a tentação
Ela patsian min bishta
Mas livra-nos do mal
Mitul dilach’hi malcuta
Pois teu é o Reino
U’cheila u’teshbuchta
O Poder e a Glória
L’alam almin
Para todo o sempre
Amiyn
Amem
 
Para compartilhar:
Use os botões “curtir” e “enviar por e-mail”, acima do post.
Compartilhe também os créditos e links.
 
Clique aqui para conhecer outros mantras
 
Práticas meditativas no Anima Mundhy:
Meditação com a Grande Fraternidade Branca
Meditação com o Cubo de Metatron
Meditação Yogue
Práticas de Desenvolvimento Espiritual
Informe-se!