11 / 08 / 2011 Comentários 8

Princípios do Reiki: as lições de Mikao Usui para uma vida mais feliz

Mikao Usui adotou cinco princípios para direcionar os seus alunos a manterem-se elevados e íntegros enquanto se conectavam com a energia Reiki. São princípios que podem ser considerados universais e conduzem-nos a sermos pessoas melhores e mais felizes.

 

Não se irrite (Ikaru-na)

A irritação é raiva acumulada. Então é preciso entrar em contato com essa emoção a fim de transformá-la.

Quando equilibramos as nossas emoções nós conseguimos direcionar melhor a energia contida nelas, a fim de que estes impulsos se transformem em ações positivas.

Quando a raiva está acumulada dentro de nós, a nossa visão – física e mental – fica prejudicada, dificultando o discernimento – a interpretação correta dos fatos, assim como as nossas ações tornam-se desmensuradas – exageradas – e fora de um padrão de equilíbrio.

Não se irritar significa manter-se em equilíbrio. Significa voltar-se para dentro de si mesmo sempre que uma situação trouxer a tona a emoção da raiva. Significa manter o controle sobre si mesmo e colocar-se acima dos impulsos da raiva transformando-os em paz interior.

Estar atento as nossas emoções aumenta a possibilidade de ações positivas, pois nos colocamos acima delas e assim impedimos que essas emoções nos orientem negativamente e nos levem a cometer atos que possam nos prejudicar.

Quando conseguimos nos manter acima das emoções, nós as transformamos em ações positivas, conseguimos enxergar melhor as situações, conseguimos discernir, interpretando tudo de forma adequada – sem interferências e assim fica mais fácil decidir sobre a melhor postura para aquele momento e depois, agir.

As consequências?

 

Não se preocupe (Shimpai suna)

Você já pensou sobre o significado da palavra preocupação?

Pré-ocupação, significa ocupar-se de algo antes do tempo correto.

Quando nos preocupamos estamos nos retirando do tempo presente, colocamos a nossa atenção no futuro, , ou no passado. Pensar e estar no futuro ou no passado, em algo que ainda está para acontecer. Pensar e estar no futuro é preocupar-se, impede-nos de agir no aqui e no agora, além de ser a principal causa da ansiedade.

Os impulsos para ações positivas acontecem apenas no aqui e no agora. Nós só podemos agir efetivamente no momento presente. E quando saímos do momento presente, onde tudo está acontecendo no aqui e no agora faz com que a energia para as ações se dispersem e se enfraqueçam, uma vez que não encontram para onde ir.

Para não se preocupar uma dica é:

 

Seja Grato (Kansha ahite)

Observar a realidade que nos cerca com olhos de gratidão, nos permite estar no aqui e agora, uma vez que para agradecer temos que olhar para aquilo que temos neste exato momento.

O ato de agradecer é um exercício do conceito de aceitação.

Significa olhar a realidade como se ela está se manifestando, aceitando todas as facilidades e todas as dificuldades, sabendo que ao fazer isso estamos também discernindo e assumindo posturas que nos levarão para as novas ações.

Enquanto estamos agradecendo não nos preocupamos nem nos irritamos.

O sentimento de agradecimento nos torna engrandecidos.

E agora, qual o próximo passo?

 

Trabalhe arduamente (Gyo hageme)

O trabalho árduo que se fala neste princípio está relacionado ao trabalhar a consciência a fim de que ela esteja em todas as atividades que estivermos exercendo no aqui e agora, equilibrando nossas emoções. Significa o trabalho constante que devemos ter para colocar a nossa atenção em tudo o que acontece no momento presente. Significa estarmos por inteiro em todas as nossas atividades e também em todas as nossas relações. Para isso, é preciso que estejamos vivendo apenas no tempo presente.

Não é possível para trabalhar, labutar, fora do momento presente.

Se trabalharmos arduamente para não nos irritarmos, para não nos preocuparmos, para aceitarmos e sermos gratos, estaremos interagindo e transformando a realidade que os cerca, uma vez que a ela só pode ser transformada no aqui e no agora.

Esse tipo de trabalho é gratificante e digno. E os frutos desse trabalho podem ser divididos com todos.

Então?

 

Seja amável com todos (Hito ni shinsetsu ni )

Quando percebermos que todos estão na mesma labuta, no mesmo trabalho árduo, nada mais justo que reconhecemos que todos, sem exceção, são merecedores dos frutos deste trabalho.

É o momento de trocarmos a experiências de vida, as visões de mundo, ouvindo e sendo ouvido, observando e sendo observado, sentindo e permitindo-se abrir pra tudo e para todos.

Isto nos leva a não nos irritarmos e também a não irritar, não nos preocupando e nem preocupamos ninguém.

A troca entre todos, para ser saudável, tem que ser equilibrada. E uma troca equilibrada gera crescimento mútuo, é uma troca pura.

A pura troca é a essência do Amor!

Então é fácil: seja amável com todos, lembrando-se de incluir a você mesmo nesta amabilidade!

Para finalizar, perceba que tudo isso não precisa ser sempre!

 

É só por hoje (Kyo dake wa).

 

Reiki é o caminho do Coração
Marcos Simões

 

Reiki no Anima Mundhy:
Reiki Tradicional, níveis I, II e II
Reiki Japonês
Reiki Mestrado

Consulte Agenda

 

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , ,

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 Comentários

  1. Bertie

    That saves me. Thanks for being so ssebnile!

  2. Brenildo

    I honour you for the blessing
    you are to this world ॐ ƪ(◡‿◡)ʃ ☼ ♡
    _/|\_ Namaste _/|\_

  3. maria lucia gimenez

    ………………meu comentario que tenho tentado me manter……..dando o melhor de mim…sendo e querndo o melhor pra mim…..não sei se sou eu o que esta a minha volta…….que provas..que tenho que prestar diariamente……sinto muito

  4. Rosario Egoavil Forttini

    Esta terapia es muy buena por dar equilibrio,paz mas energia y luz

  5. Eu sou reikiana mestra, mas, estou sempre aprendendo. Obrigada.

  6. Olá Marcos,

    Muito bom ler os princípios aqui!
    Porém, fico com uma dúvida pelas questões de tradução e também pelo emprego do “não” por nós. Sabemos que a mente (e o Universo) não processa o “não”. Dessa forma, dizer que ‘não vamos fazer algo’ significaria, em última instância, que iremos fazê-lo. E esse tipo de concepção é, naturalmente, uma concepção ocidental (o emprego do “não” nesse tipo de sentença).

    Como há sempre esses abismos nas traduções, gosto de pensar os princípios na seguinte forma:

    今日丈けは (kyou dake wa – Somente por hoje):

    怒るな (ikaru na – Eu vou evitar a raiva)
    心配すな (shinpaisuna – Eu vou evitar a preocupação)
    感謝して (kanshashite – Serei grata(a)/Agradecerei)
    業をはげめ (gyou wo hageme – Trabalharei com força de vontade)
    人に親切に (hito ni shinsetsu ni – Serei gentil com as pessoas)

    Abraços fraternos!

    Att.,

    Ludmila

  7. castilho.leonor@gmail.com

    Bom dia Namastê obrigada amo Reiki