O Significado da Atitude de Aceitação
Nas minhas aulas no Anima Mundhy e nas conversas com amigos e familiares, eu costumo comentar sobre a necessidade de trabalharmos com a Energia da Aceitação.
Nessa hora, percebo que alguns “torcem o nariz” ao ouvir a palavra “aceitação”.
Creio eu, que essas pessoas ao ouvir o som da palavra: “aceitação”, façam associações de memórias que as levam ao sentimento de submissão.
Pelas associações mentais feitas e pelo debate que se segue, vejo que elas acreditam que a atitude de aceitação envolve o concordar, o compactuar ou o submeter-se.
E eu digo que é preciso entender melhor o conceito “aceitação”. Aceitar não significa concordar, compactuar ou submeter-se.
 
O que significa, então, o ato da Aceitação?
É importante saber que aceitar significa reconhecer uma verdade e compreender a situação que se apresenta e o que está realmente acontecendo.
Em outras palavras, aceitar é não mentir para si mesmo!
Quando aceitamos uma realidade manifestada à nossa frente, nós a encaramos, a reconhecemos e a compreendemos. Dessa maneira, temos condições de escolhermos como lidar com ela.
A aceitação traz a capacidade de escolhas e permite que optemos por ações e reações que mantenham ou transformem a realidade que vemos ao redor.
Ao aceitarmos, podemos optar por concordarmos ou não, por compactuarmos ou não, por sermos submissos ou não.
A oportunidade de optar entre continuar a manifestar determinadas situações ou transforma-las é a liberdade de escolhas que tanto se deseja.
Então, a aceitação nos torna livres, pois é a única possibilidade de se perceber as verdades que cada situação nos traz e de se posicionar em cada uma delas.
Eu, particularmente, prefiro a autonomia de escolhas e a liberdade de ação, baseados na capacidade de aceitação da realidade e na consciência das responsabilidades, inerentes as minhas próprias escolhas.
 
Os Princípios do Reiki e a Atitude de Aceitação
A energia da aceitação oferece as oportunidades para trabalhar com os princípios do Reiki que são:
Somente por hoje não se irrite, não se preocupe, seja grato, trabalhe (-se) arduamente e seja amável (com os outros e, principalmente, consigo mesmo).
Clique aqui para saber mais.
Aceitar traz a oportunidade da mudança. Eu aceito para modificar e para transformar!
Aceite o que lhe digo e escolha se concorda ou não!
Namastê,
Marcos Simões
 
A Energia de Cura versus a Energia Reiki em suas Mãos!
www.animamundhy.com.br/agenda
contato@animamundhy.com.br

Você gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!
Use os botões acima do post.
Todos os níveis do Reiki no Anima Mundhy
Reiki Tradicional, níveis I, II e II
Reiki Japonês
Reiki Mestrado
Veja quando
 
Leituras complementares:
Reiki é religião?
Reiki é o caminho do coração! Saiba por quê.
Reiki tem explicação científica? Um experimento