17 / 02 / 2017 Comentários 3

Terapia Holística: um Caminho para a Realização das suas Potencialidades! Depoimento.

Ao longo do nosso trabalho como Terapeutas, nós já recebemos diversos depoimentos como este que você vai ler abaixo.

Sinto-me imensamente grata pelos resultados positivos que compartilham conosco.

Quando uma pessoa nos procura para terapia, eu entendo que há dentro dela um impulso de mudança, uma necessidade interna – mesmo que inconsciente – de sair do sofrimento em que se encontra.

Porém, ao mesmo tempo em que existe esse impulso por mudanças dentro do Ser, pode haver também o lado que resiste ou até não acredita nos benefícios do processo terapêutico. Buscar a autocura em qualquer nível, é sempre um caminho nobre. E as recompensas são sempre muito gratificantes para a pessoa que se propõe a transformar aspectos que estejam lhe fazendo sofrer.

Diversos são os motivos pelos quais as pessoas procuram o Anima Mundhy para Terapia, que vão desde um simples alivio do estresse e/ou relaxamento – através das Técnicas Vibracionais (veja quais) -, passando por um forte desejo de reequilíbrio emocional, mental – e até mesmo espiritual -, assim como a busca por mudanças de hábitos, harmonização nos relacionamentos, cuidados com as energias do lar e do local de tratalho e tantos outros.

Toda dor e sofrimento, seja em que nível ou aspecto estiver, merece cuidado e esforços para transformação. A felicidade plena, a paz, a prosperidade, a saúde perfeita são sempre os objetivos maiores que direcionam todas as pessoas.

 

Nossas mágoas e ressentimentos escondem o verdadeiro ser interno

Eu olho para todas as pessoas e busco o potencial positivo que cada qual traz dentro de si e sei que este potencial está, muitas vezes, encoberto por mágoas, ressentimentos, traumas, tristezas e frustrações .

Muitas vezes a história de vida fez com que a pessoa criasse defesas, desconfianças, inseguranças e medos que a impedem de acessarem seus ´Eus internos´ e expandirem a sua Verdadeira Natureza, que é sempre positiva, perfeita e cheia de dons e habilidades!

 

Psicoterapia com visão holística: uma ferramenta para a cura integral

Nas minhas sessões de psicoterapia, eu olho para todas as pessoas buscando entendê-las segundo uma visão holística, pois acredito que nós temos diversas partes em nós que precisam ser integradas e equilibradas entre si.

Nós somos um corpo físico, mas somos também emoções e pensamentos, somos mais que um simples psiquismo, possuímos uma história de vida assim como também fazemos parte de um ambiente social inseridos num planeta que também traz a sua história.

Tudo o que nós somos, ou seja, uma somatória de partes, vai influenciar diretamente o equilíbrio pessoal e a qualidade de vida.

Costumo dizer que somos como cebolas, possuímos camadas que escondem a nossa essência. Essas camadas são como um casulo negativo e nos levam a buscarmos situações desagradáveis para nós mesmos. O processo terapêutico nada mais é que remover camada por camada, até que apareça o Ser Verdadeiro.

Há um caminho, uma sequência de acontecimentos que vão levar à verdadeira mudança. É preciso certa dose de paciência e esforço até que se efetive a nova realidade para o Ser.

Em todas as formas de Terapias, não importando a Técnica, não há modificação sem a participação efetiva da pessoa. Não há modificação sem o esforço e a vontade de estar bem.

 

O processo de cura depende da disposição do paciente em se curar

Aqueles que realizam as maiores mudanças são aqueles que se empenham e se envolvem verdadeiramente com o processo terapêutico. Procuro deixar isso bem claro nas minhas sessões, pois não há como fazer o trabalho sozinha!

E assim, eu me coloco apenas como coadjuvante em todo o processo. Eu me considero apenas uma facilitadora, eu apenas dou continuidade ao impulso inicial que fez com que a pessoa me procurasse, auxiliando-a a remover camadas – através de técnicas específicas que eu desenvolvi – apoiando e observando o que vem depois para ser trabalhado.

Além disso, eu acolho com Amor, acredito no potencial interno de todos e sei que cada Ser todos traz dentro de si o modelo de realidade que o fará feliz. Basta permitir-se remover as camadas que impedem que essa realidade se instale!

O empenho do Fábio fez toda a diferença nas mudanças que ele fez ao longo do seu processo terapêutico.

Luz e Paz,

Tania Resende

 

Fabio mudou a postura interna para transformar sua realidade

Fui usuário de drogas por cinco anos: fumava maconha diariamente, tomei mais de 50 comprimidos de ecstasy, cheirei cocaína várias vezes, usei muito LSD, álcool, lança perfume…

Vivia em clubes noturnos e raves, me relacionava com diversas mulheres ao mesmo tempo. Nesta época tive até um início de overdose, em que achei que fosse morrer.

Pensando bem, acho que fiz isto em busca de suprir um sentimento de perda interna muito grande. Explico: desde minha infância tive problemas em casa. Meu pai vivia infeliz e brigava muito comigo. Chegou a me me humilhar várias vezes, com agressividade, e desrespeitou minha mãe na minha frente.

Como criança, nunca soube lidar com isto de forma saudável. Cresci um adulto endurecido, revoltado com a vida. Porém, ao mesmo tempo, sempre me interessei por espiritualidade. Tinha curiosidade em saber sobre a morte e o mundo dos espíritos.

Então, com 24 anos, uma garota me indicou terapia com a Tania. Sempre que ela tocava neste assunto, eu respondia “não preciso disso. Consigo resolver meus problemas sozinho”.

Como ela sabia que eu gostava de assuntos ligados a espiritualidade, me disse que o trabalho da Tania era “diferente de terapia convencional, bastante ligado ao lado espiritual”.

Foi aí que ela me convenceu: eu tinha curiosidade sobre terapias holísticas, contatos com guias e mentores. Pensei: “vou lá só para conversar sobre curiosidades, nada de terapia”.

Chegando lá, me surpreendi com o fato de contar à terapeuta todas minhas questões: basicamente falar do meu descontentamento com as pessoas e com o mundo.

Minha surpresa: adorei as opiniões dela. Gostei da forma “não convencional” que ela enxergava as situações. Me senti aliviado. Dois meses depois iniciei terapia.

Hoje não uso mais drogas e não bebo. Tenho um relacionamento saudável (e minha namorada também iniciou Yoga e meditação). Decidi largar um emprego que não me fazia feliz e correr atrás do que eu realmente acredito.

Posso dizer que estou bem mais tranquilo. E consigo olhar ao redor e entender que as pessoas, assim como eu, também têm suas questões internas e problemas. E que as atitudes delas são resultado desta situação de descontentamento.

Muita gente sentiu diferenças em minha postura. Sempre que me perguntam o que eu fiz para mudar, eu respondo: “Fui atrás de autoconhecimento”. É assim que me sinto hoje, um indivíduo com maior controle sobre os pensamentos e emoções.

Se posso sugerir algo a você, é isto: busque saber quem você é e aquilo que te faz feliz. Meus caminhos foram terapia, Reiki e meditação. E o seu, qual é?

Fabio

 

E você, já obteve resultados positivos em terapias?
Compartilhe com a gente. Envie o seu relato para o e-mail
contato@animamundhy.com.br

 

Links
Terapias no Anima Mundhy
Milagres: você sabe se abrir para receber?
O Reiki para os portadores de câncer e de diversas doenças
Reiki tem explicação científica?

 

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentários