Você já percebeu que quando não está bem emocionalmente, o seu organismo se ressente, apresentando algum sintoma ou desequilíbrio?
Você já teve diarreia depois de viver um grande momento de stress?
Sua digestão ficou lenta depois de uma grande ansiedade?
Já se percebeu com forte gripe e tosse enquanto vivia uma grande tristeza?
 
Os sintomas físicos são apenas um alerta do corpo!
As nossas emoções estão intimamente ligadas ao corpo físico, que funciona como uma válvula de escape, assim como também cada disfunção do nosso organismo é um alerta, mostrando-nos o que devemos transmutar para restabelecer a saúde.
A medicina chinesa analisa o corpo humano como um todo, entendendo que cada órgão faz parte de um sistema de energia. Nesse sistema de energia estão incluídos os pensamentos e as emoções.
 
Para a Medicina Chinesa, a saúde depende do livre fluxo de energia
Para a medicina chinesa as emoções e os pensamentos podem desorganizar o livre fluxo de energia no organismo e bloquear a “nutrição” energética dos órgãos.
Isso leva a desequilíbrios que vão desde uma simples deficiência no metabolismo (digestão lenta, gripes e resfriados, intestino preso, etc.) e podem se tornar graves doenças, se as origens desses desequilíbrios não forem transformadas a tempo.
E aqui está um forte argumento par que você comece a olhar para as suas emoções, buscando transformá-las e superá-las.
Dissolver mágoas e ressentimentos, superar tristezas, modificar tendências de ansiedade e de agressividade, por exemplo, deveriam receber atenção primordial para quem deseja manter a saúde física.
 
As emoções e os órgãos relacionados, segundo a Medicina Chinesa:
Cólera, raiva e autocrítica prejudicam o fígado.
Indecisão prejudica a vesícula biliar.
Ódio e ressentimentos prejudicam o coração.
Ansiedade e preocupação excessiva prejudicam o baço e o estômago.
Frustrações prejudicam o pâncreas.
Tristezas, mágoas e angústias afetam o pulmão.
Apego excessivo na matéria, forte sentimento de posse e apego ao passado, afetam o intestino grosso.
Medo e insegurança afetam o rim e a bexiga.
 
Recursos para manter a saúde perfeita
Florais, Yoga, Reiki, Meditação são apenas algumas das técnicas que estão a nosso dispor para facilitar o retorno ao equilíbrio, não apenas do corpo físico como também das emoções e pensamentos.
Compreender que você é um organismo complexo, onde diversos aspectos estão interligados entre si e que as suas emoções e os seu modo de reagir à vida podem interferir na sua saúde física, é o primeiro passo.
É preciso que você compreenda que assim você cuida da sua saúde física, há outros aspectos do seu Ser que também merece atenção: a saúde emocional e mental!
 
Como está a sua saúde emocional e mental?
Vamos olhar para ela?
 
“Conhece a ti mesmo, e saiba que você pode trasnformar-se!”
Tania Resende
 
Você quer compartilhar?
Prefira os botões: curtir, tweet e enviar por e-mail.
 
Anima Mundhy no Facebook?
Acompanhe as postagens em tempo real
Clique aqui para acessá-la.
 
Links:
Mãos que curam: uma habilidade natural em toda a Humanidade
Criança Interior: redescobrindo a alegria de viver – I
Você tem culpa de que?