Muitas pessoas encaram a Yoga simplesmente como uma prática de exercícios físicos, respiratórios e meditações. Porém, antes de tudo isto, Yoga é uma filosofia de vida.
Se formos um pouco mais a fundo, veremos que a palavra “filosofia” (de origem Grega) significa “amizade pela sabedoria”. Então gosto de dizer que a “filosofia da Yoga” é a “amizade pela sabedoria da vida e o respeito pelo saber viver”.
Praticar Yoga é aprender a cuidar do corpo, da mente, das emoções e da energia que sustenta a ação do viver. Estas são qualidades que nascem com o ser humano, por isto brinco que as crianças são yogis natas: tem boa postura, respiração correta e atitude aberta diante da vida.
 
Aulas de Yoga na infância são ótimas ferramentas para criar adultos mais calmos, felizes e saudáveis
Infelizmente, a maioria dos adultos se esquecem das características positivas, tão importantes, que trazem da infância, como por exemplo: a flexibilidade, a confiança, a criatividade, o sono profundo.
Com isto, deixam de lado muitas percepções sobre o corpo e a mente, e cometem uma série de agressões e maus tratos ao próprio ser. O resultado disso são doenças e um afastamento do propósito interno, criando insatisfações com a vida.
Por este motivo, Yoga – principalmente quando praticada desde pequena idade – se transforma em uma ótima ferramenta para o autoconhecimento e a manutenção da saúde física e mental, além de ser essencial na formação do caráter e personalidade da criança.
 
Conheça alguns benefícios da Yoga para Crianças
. Desenvolve na criança a confiança em si mesma e em seu potencial, favorecendo a tranquilidade física e mental.
. Auxilia na concentração e aumenta o desempenho escolar. Por exemplo: durante as provas algumas crianças relatam que usam as respirações na hora de nervosismo, tornando-as mais calmas, o que facilita no processo mental.
. Melhora o humor a partir de exercícios de respiração nasal, que criam reflexos positivos nos centros neurológicos do indivíduo.
. Ajuda a criança a cultivar uma imagem positiva e equilibrada de si mesma, por meio do contato com os princípios do autocontrole, da consciência universal, da não violência, do altruísmo e do pensamento positivo.
. Cria o hábito da postura correta ao sentar, o que permite liberdade e pleno funcionamento ao aparelho respiratório.
. Estimula os processos digestivos, combatendo prisão de ventre e a má digestão, além de normalizar a absorção dos nutrientes provenientes dos alimentos.
. Auxilia na manutenção de uma visão saudável através dos trátákas – exercícios de visão e foco.
. Melhora a saúde de forma geral, estimulando o funcionamento correto do sistema imunológico.
. Ajuda crianças “hiperativas” a desenvolver controle e percepção de sua condição acelerada.
Além dos citados acima, existem vários benefícios extras, como o despertar para hábitos alimentares saudáveis, desenvolver o equilíbrio e a inteligência emocional, entre outros.
 
Saiba como são as aulas de Yoga para Crianças
As aulas de Yoga para Crianças são adaptadas ao mundo delas. E os componentes de uma aula de Yoga como: ásanas (exercícios psicofísicos), pranayamas (exercícios respiratórios), yoganidra (exercícios de relaxamento), são introduzidos de maneira lúdica e sempre com total respeito à realidade motora e sensorial da criança.
Os Yamas e Nyamas (princípios éticos universais) são abordados através de histórias e conversas e vão trazendo à consciência o princípio do respeito a si mesmo e aos outros. Componentes das aulas como: Dharana (concentração) e Dhyana (meditação) são introduzidos e trabalhados junto com os outros componentes.
Assim elas vão se divertindo e aprendendo, crescendo e adquirindo todos os benefícios da prática de Yoga, criando uma base para toda a vida.
 
Yoga para crianças em escolas: uma inovação que dá certo!

Namastê,
Marcos Simões
 
Para compartilhar:
Use os botões “curtir” e “enviar por e-mail”, acima do post.
Compartilhe também os créditos e links.
 
Pratique Meditação Iogue
Informe-se
 
Links:
Reiki tem explicação científica?
Você sabia que ao perdoar nos libertamos das dores do passado?
Os seus relacionamentos são saudáveis, com amor e crescimento mútuo?